Theme
home
ask
submit
rabiscos
Menu
Sem você eu perco a razão. Te ver e não te ter, rói o coração.
Alícia (teadoro-teodora)
Nunca decepcione alguém que faria tudo por você. Entendeu? Nunca.
The Vampire Diaries.    (via epdemic)
Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente.
John Green.      (via epdemic)
Quem sabe um dia
por descuido
ou poesia,
você goste de ficar.
Chico Buarque.    (via anadiploses)
Não sou formada em matemática, mas sei de uma coisa: existe uma quantidade infinita de números entre 0 e 1. Tem o 0,1 e o 0,12 e o 0,112 e uma infinidade de outros. Obviamente, existe um conjunto ainda maior entre o 0 e o 2, ou entre o 0 e o 1 milhão. Alguns infinitos são maiores que outros… Há dias, muitos deles, em que fico zangada com o tamanho do meu conjunto ilimitado. Eu quero mais números do que provavelmente vou ter.
A Culpa é das Estrelas.    (via nando12)
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu, pra chegar perto.
Carlos Drummond de Andrade.    (via epdemic)
Eu não sei não.. Acho que é oficial, estou apaixonado por ela. Adoro o sorriso dela, adoro os cabelos dela, adoro os joelhos dela, adoro a marca de nascença em forma de coração que ela tem, adoro o jeito que ela lambe os lábios antes de falar, adoro o som da risada dela, adoro a aparência dela quando ela dorme, adoro o jeito que ela faz eu me sentir.. como, se tudo fosse possível ou como, sei lá, como.. Se a vida, valesse a pena.
500 days of summer.  (via epdemic)
Eu não sei não.. Acho que é oficial, estou apaixonado por ela. Adoro o sorriso dela, adoro os cabelos dela, adoro os joelhos dela, adoro a marca de nascença em forma de coração que ela tem, adoro o jeito que ela lambe os lábios antes de falar, adoro o som da risada dela, adoro a aparência dela quando ela dorme, adoro o jeito que ela faz eu me sentir.. como, se tudo fosse possível ou como, sei lá, como.. Se a vida, valesse a pena.
500 days of summer.  (via epdemic)
Eu não quero ser a queda de ninguém. Se alguém gostar de mim, que seja pelo que eu realmente sou, não pelo que acham que eu sou. E eu não quero que guardem para eles, quero que me mostrem, para que eu possa sentir isso também.
As Vantagens de Ser Invisível.    (via blues-dapiedade)
Indo embora para casa, segurei o peito, que parecia solto, e abafei uma lágrima. Como eu queria agora estar com ele.
Tati Bernardi.  (via epdemic)
Sem você eu perco a razão. Te ver e não te ter, rói o coração.
Alícia (teadoro-teodora)
Nunca entendi o que a gente tinha. O que tinha naquela coisa de trocar sms’s a noite toda e não sentir sono, naquilo de conversar toda a tarde e não enjoar, de ficar perto a maior parte do dia e não pedir pra ir embora. Nunca entendi. Mas seja lá o que era, quero que volte a ser. Quero de volta.
Only choice, baby. (via habitarei)
Já escondi um amor com medo de perdê-lo, já perdi um amor por escondê-lo. Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos. Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso. Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos. Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem. Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram. Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir. Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi. Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto. Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir. Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam. Já tive crises de riso quando não podia. Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva. Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse. Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar. Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros. Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros. Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz. Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava. Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade. Já tive medo do escuro, hoje no escuro “me acho, me agacho, fico ali”. Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais. Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria. Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava. Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda. Já chamei pessoas próximas de “amigo” e descobri que não eram. Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim. Não me deem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre. Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração. Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra sempre. Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes. Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos. Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer: - E daí? Eu adoro voar.
Clarice Lispector.       (via habitarei)
A felicidade aparece para aqueles que choram. Para aqueles que se machucam. Para aqueles que buscam e tentam sempre. E para aqueles que reconhecem a importância das pessoas que passam por suas vidas.
Clarice Lispector.  (via epdemic)
A felicidade aparece para aqueles que choram. Para aqueles que se machucam. Para aqueles que buscam e tentam sempre. E para aqueles que reconhecem a importância das pessoas que passam por suas vidas.
Clarice Lispector.  (via epdemic)
Don't speak portuguese?
I write for you too.


Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish